Independentemente de possuir Bitcoin em exchanges domésticas ou internacionais, a proposta governamental é que todos os usuários de criptoativos contribuam com uma carga tributária adicional.

Bitcoin

Após a implementação de um imposto de até 15% sobre Bitcoin e outras criptomoedas em exchanges internacionais (conhecido como Lei das Offshores), que foi recentemente incorporado pela Receita Federal na declaração anual de imposto de renda, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) anunciou a intenção de aumentar as taxas para todos os usuários de criptomoedas.

De acordo com informações compartilhadas com o Cointelegraph Brasil e a Folha de São Paulo, o governo busca aumentar os impostos para os usuários que possuam Bitcoin em exchanges nacionais, como Mercado Bitcoin e Foxbit, entre outras.

O governo afirmou que a proposta não envolve a criação de um novo imposto, mas sim um aumento das taxas para os detentores de criptoativos. A intenção é reforçar a fiscalização contra aqueles que utilizam criptoativos para evitar o pagamento de Imposto de Renda (IR).

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, planeja incluir essa proposta em um novo Projeto de Lei que será submetido ao Congresso Nacional para modificar as tributações de aplicações financeiras. Se aprovada, a medida poderá entrar em vigor já no próximo ano.

Além de impactar os criptoativos, o projeto de lei também visa esclarecer o conceito de paraísos fiscais, englobando países que não fornecem transparência nas informações. Essa medida busca estabelecer a base legal necessária para evitar a evasão fiscal por parte de investidores desses países que direcionam recursos para o Brasil.

Mais imposto para todos os usuários de criptomoedas

No projeto de lei que será submetido ao Congresso, o governo argumenta que as atuais regulamentações da Receita Federal para transações envolvendo criptomoedas, tanto no Brasil quanto no exterior, acabam favorecendo usuários que tentam evitar o pagamento do Imposto de Renda e escapar de suas obrigações fiscais. Portanto, o governo busca estabelecer regras mais rigorosas e claras.

Com a nova regulamentação proposta pelo governo, a intenção é elevar para 22,5% a alíquota do imposto para todas as criptomoedas consideradas uma forma de aplicação financeira “no Brasil”.

O objetivo do governo Lula é aplicar essa regra aos investimentos em criptomoedas no país, o que dificultaria a evasão fiscal, já que as exchanges operando no Brasil são obrigadas pela IN 1888 a relatar todas as transações dos usuários à Receita Federal, que já demonstrou cruzar esses dados com outras informações recebidas pela instituição.

Os especialistas do governo ainda estão debatendo se será estabelecida uma alíquota mínima para a incidência da taxa de 22,5%, ou se ela será aplicada a todas as criptomoedas.

Além disso, há divergências quanto ao momento em que o imposto deverá incidir, se nas transações envolvendo criptomoedas (cripto/cripto ou cripto/fiat), ou se o usuário será tributado apenas por possuir uma quantidade específica de criptomoedas, mesmo que não realize transações com elas.

O texto com a proposta ainda está em elaboração e não há um prazo definido para ser submetido ao Congresso Nacional. No entanto, o governo está ansioso para aprovar a legislação ainda este ano e, com esse objetivo, pretende encaminhar o projeto de lei ainda no primeiro semestre.

Para ficar atualizado com as últimas notícias em tempo real, siga o Cointelegraph Brasil no Telegram, Facebook, Instagram e YouTube, onde oferecemos análises, entrevistas, e notícias de última hora sobre o mercado de cripto e blockchain no Brasil e na América Latina.

EUA movem US$ 2 bi em Bitcoin e geram temor de novo sell-off da criptomoeda

Os Estados Unidos ocupam a sexta posição no ranking dos maiores detentores de Bitcoin globalmente, possuindo 207.189 unidades da criptomoeda, avaliadas em cerca de US$ 13,8 bilhões.

Na manhã de terça-feira (2), o governo dos Estados Unidos transferiu 30.175 unidades de Bitcoin (BTC) para uma carteira na exchange Coinbase, conforme relatado pela empresa de inteligência Arkham Intelligence. Esse montante equivale a aproximadamente US$ 2 bilhões, com base na cotação da criptomoeda naquele momento, que estava em torno de US$ 66 mil.

Esses ativos digitais estão vinculados aos fundos confiscados pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos do Silk Road, um antigo mercado da dark web que operava a venda de produtos ilegais e aceitava criptomoedas como forma de pagamento.

No ano de 2020, as autoridades norte-americanas confiscaram um total de 69.370 Bitcoins do marketplace. Na ocasião, o governo declarou em comunicado que essa apreensão representava o maior confisco de criptomoedas já realizado na história do órgão.

A transferência de criptomoedas para exchanges sugere uma possível venda. A última vez que o governo dos Estados Unidos adotou essa estratégia foi no final de 2022, quando vendeu 9.861 moedas digitais, avaliadas em US$ 216 milhões na época.

Além disso, os Estados Unidos são o sexto maior detentor de Bitcoin do mundo, atrás apenas da empresa de capital aberto Microstrategy (MSTR), da exchange Binance, de duas gestoras de ETFs (fundos de índice) e de Satoshi Nakamoto, o criador e maior detentor da moeda digital.

Veja também: Halving: Outros Criptoativos Além do Bitcoin Também Enfrentam queima em Abril

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 69,100.00
  • ethereumEthereum (ETH) $ 3,922.08
  • tetherTether (USDT) $ 0.999993
  • bnbBNB (BNB) $ 605.49
  • solanaSolana (SOL) $ 164.77
  • staked-etherLido Staked Ether (STETH) $ 3,917.97
  • usd-coinUSDC (USDC) $ 0.999962
  • xrpXRP (XRP) $ 0.531671
  • dogecoinDogecoin (DOGE) $ 0.167385
  • the-open-networkToncoin (TON) $ 6.41
  • cardanoCardano (ADA) $ 0.462693
  • avalanche-2Avalanche (AVAX) $ 37.18
  • shiba-inuShiba Inu (SHIB) $ 0.000025
  • wrapped-bitcoinWrapped Bitcoin (WBTC) $ 69,246.00
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 7.49
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 17.18
  • tronTRON (TRX) $ 0.113054
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 488.26
  • nearNEAR Protocol (NEAR) $ 7.90
  • uniswapUniswap (UNI) $ 11.21
  • pepePepe (PEPE) $ 0.000017
  • matic-networkPolygon (MATIC) $ 0.724827
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 84.49
  • fetch-aiFetch.ai (FET) $ 2.26
  • internet-computerInternet Computer (ICP) $ 12.16
  • leo-tokenLEO Token (LEO) $ 5.93
  • daiDai (DAI) $ 1.00
  • wrapped-eethWrapped eETH (WEETH) $ 4,070.30
  • ethereum-classicEthereum Classic (ETC) $ 32.43
  • aptosAptos (APT) $ 9.16
  • render-tokenRender (RNDR) $ 10.10
  • renzo-restaked-ethRenzo Restaked ETH (EZETH) $ 3,855.76
  • hedera-hashgraphHedera (HBAR) $ 0.107286
  • immutable-xImmutable (IMX) $ 2.38
  • mantleMantle (MNT) $ 1.04
  • kaspaKaspa (KAS) $ 0.139720
  • arbitrumArbitrum (ARB) $ 1.26
  • cosmosCosmos Hub (ATOM) $ 8.47
  • filecoinFilecoin (FIL) $ 5.95
  • crypto-com-chainCronos (CRO) $ 0.120461
  • stellarStellar (XLM) $ 0.108919
  • first-digital-usdFirst Digital USD (FDUSD) $ 0.999949
  • the-graphThe Graph (GRT) $ 0.321465
  • dogwifcoindogwifhat (WIF) $ 3.03
  • bittensorBittensor (TAO) $ 439.68
  • blockstackStacks (STX) $ 2.01
  • okbOKB (OKB) $ 48.44
  • optimismOptimism (OP) $ 2.59
  • ethena-usdeEthena USDe (USDE) $ 1.00
  • makerMaker (MKR) $ 2,845.08