A quantidade de Bitcoins produzidos diariamente está programada para diminuir de 900 para 450, o famoso Halving. Essa redução ocorre a cada quatro anos, com a próxima prevista para abril.

halving

Após a recente aprovação dos ETFs de Bitcoin nos Estados Unidos, a atenção do mercado voltou-se para o halving, uma atualização que está agendada para abril. Essa atualização corta pela metade a emissão da criptomoeda e é historicamente vista como um impulsionador significativo do preço do Bitcoin. No entanto, ainda resta saber se esse padrão se repetirá desta vez.

O halving é uma parte do código do Bitcoin, criado por Satoshi Nakamoto, que ocorre a cada quatro anos para controlar a inflação e limitar o fornecimento da moeda digital. Atualmente, existem 19,6 milhões de Bitcoins em circulação, com um máximo de 21 milhões a serem atingidos por volta de 2140.

Desde o início do Bitcoin, a quantidade de Bitcoins emitidos diariamente tem diminuído. Inicialmente, os mineradores podiam emitir 7.200 Bitcoins por dia. Após o primeiro halving, esse número caiu para 3.600, e assim por diante, até chegar a 900 atualmente. Com o próximo halving, essa quantidade será reduzida para apenas 450.

Histórico

O primeiro halving ocorreu em 28 de novembro de 2012, seguido por um aumento no preço do Bitcoin de 7.956% no ano seguinte. Após o segundo halving, em 9 de julho de 2016, o valor do Bitcoin subiu 270% nos 365 dias seguintes. Da mesma forma, após o terceiro halving, em 11 de maio de 2020, o BTC registrou um aumento de 533% durante o mesmo período.

De acordo com analistas da empresa de auditoria Ernst & Young, esse aumento significativo é atribuído principalmente à redução na oferta de novas moedas, o que cria um déficit de oferta quando a demanda permanece estável ou aumenta.

Halving do Bitcoin em 2024

O ditado do mercado financeiro, “Desempenho passado não é garantia de resultados futuros”, também se aplica ao Bitcoin, de acordo com José Gabriel Bernardes, sócio da Fuse Capital.

Ele ressalta que é difícil prever um aumento de cinco vezes no preço do Bitcoin em um período tão curto apenas com base no halving. No entanto, acredita-se que, a longo prazo, o Bitcoin possa se consolidar ainda mais, atingindo valores entre US$ 100 mil e US$ 200 mil. Atualmente, o BTC estava sendo negociado em torno de US$ 73.000.

A ProShares, uma emissora de ETFs, concorda que o halving não pode ser considerado isoladamente para prever o futuro da criptomoeda. Eles explicam que o Bitcoin é influenciado por diversas dinâmicas de mercado, tornando difícil atribuir variações de preço apenas a esses eventos específicos. Além disso, os dados empíricos sobre apenas três halvings são considerados bastante limitados pela empresa.

É hora ou não de comprar Bitcoin?

Segundo Erich Marinelli, analista de criptoativos da Genial, é vantajoso considerar investimentos em Bitcoin devido a uma perspectiva positiva de um a dois anos para todo o mercado de criptoativos. No entanto, ele enfatiza a importância de investir apenas o que se pode arriscar, pois o Bitcoin é um ativo de alto risco.

Marinelli destaca que, apesar de uma visão otimista, correções de 30% a 40% são comuns ao longo do caminho para investimentos em criptomoedas. Portanto, ele aconselha cautela e não recomenda apostar tudo repentinamente, especialmente agora que o Bitcoin está sendo negociado em torno de US$ 70 mil.

Complexidade e risco alto

Quando questionado sobre o momento ideal para investir, é destacado que essa é uma questão complexa. Em uma perspectiva pessoal, é mencionado que atualmente não seria o momento ideal, pois o Bitcoin está atingindo seu pico máximo e ainda pode aumentar mais. No entanto, é ressaltado que investir em Bitcoin é uma atividade de alto risco. A sugestão é iniciar os investimentos gradualmente, aplicando pequenas quantias para evitar surpresas que possam impactar significativamente o patrimônio.

Quanto às projeções para os próximos anos, é mencionado que é uma das previsões mais desafiadoras. É relevante lembrar que a produção de Bitcoins está programada para terminar em 2041.

Veja também: Bitcoin rompe os US$ 73 mil; O que vem agora?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 66,381.00
  • ethereumEthereum (ETH) $ 3,195.20
  • tetherTether (USDT) $ 1.00
  • bnbBNB (BNB) $ 597.04
  • solanaSolana (SOL) $ 154.10
  • usd-coinUSDC (USDC) $ 1.00
  • xrpXRP (XRP) $ 0.548540
  • staked-etherLido Staked Ether (STETH) $ 3,192.73
  • dogecoinDogecoin (DOGE) $ 0.159972
  • the-open-networkToncoin (TON) $ 6.05
  • cardanoCardano (ADA) $ 0.515376
  • shiba-inuShiba Inu (SHIB) $ 0.000027
  • avalanche-2Avalanche (AVAX) $ 38.99
  • wrapped-bitcoinWrapped Bitcoin (WBTC) $ 66,305.00
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 7.42
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 509.98
  • tronTRON (TRX) $ 0.111928
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 15.31
  • nearNEAR Protocol (NEAR) $ 7.01
  • internet-computerInternet Computer (ICP) $ 15.05
  • matic-networkPolygon (MATIC) $ 0.740126
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 85.22
  • uniswapUniswap (UNI) $ 8.06
  • leo-tokenLEO Token (LEO) $ 5.74
  • daiDai (DAI) $ 1.00
  • aptosAptos (APT) $ 10.11
  • blockstackStacks (STX) $ 2.89
  • ethereum-classicEthereum Classic (ETC) $ 28.20
  • mantleMantle (MNT) $ 1.22
  • first-digital-usdFirst Digital USD (FDUSD) $ 1.00
  • filecoinFilecoin (FIL) $ 6.53
  • render-tokenRender (RNDR) $ 9.23
  • crypto-com-chainCronos (CRO) $ 0.131489
  • cosmosCosmos Hub (ATOM) $ 8.91
  • stellarStellar (XLM) $ 0.117130
  • immutable-xImmutable (IMX) $ 2.29
  • okbOKB (OKB) $ 54.93
  • bittensorBittensor (TAO) $ 489.04
  • renzo-restaked-ethRenzo Restaked ETH (EZETH) $ 3,220.91
  • arbitrumArbitrum (ARB) $ 1.21
  • hedera-hashgraphHedera (HBAR) $ 0.089481
  • vechainVeChain (VET) $ 0.042169
  • the-graphThe Graph (GRT) $ 0.300070
  • dogwifcoindogwifhat (WIF) $ 2.82
  • kaspaKaspa (KAS) $ 0.121527
  • pepePepe (PEPE) $ 0.000007
  • makerMaker (MKR) $ 2,909.93
  • optimismOptimism (OP) $ 2.57
  • injective-protocolInjective (INJ) $ 28.45
  • fetch-aiFetch.ai (FET) $ 2.41